domingo, 11 de setembro de 2011

[RESENHA] O Herói Perdido

O Herói Perdido
Rick Riordan
Três novos campistas, Leo, Jason e Piper, responderão ao chamado da profecia que aparece no final de "O Último Olimpiano":

Sete meios-sangues responderão ao chamado.
Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado.
Um juramento a manter com um alento final, 
E inimigos com armas às Portas da Morte afinal.

Aparentemente eles fazem parte do grupo de sete campistas citados na profecia. Nesse novo livro de Rick Riordan, eles saem um uma jornada para salvar Hera, a rainha do Olimpo, que encontra-se aprisionada por um inimigo misterioso e não revelado. Para piorar a situação, o Olimpo encontra-se fechado, sem fazer contato algum com os semideuses.

A nova série de Rick Riordan, apesar de apresentar muitas características da antiga, tem uma trama mais complexa e elaborada, contendo, além de muita ação, um pouco de mistério e conspiração.

Já no primeiro capítulo pode-se observar a estreita ligação que existe entre a nova série e "Percy Jackson e os Olimpianos", que até mesmo personagens compartilham. De primeira isso pode ser encarado como um ponto fraco, já que repetição temática poderia tornar o livro cansativo. Todavia, o autor surpreende com uma história instigante onde temos consciência de apenas parte da história, e vários mistérios envolvendo os protagonistas parecem ter uma misteriosa ligação. O tema mitológico não fica desgastado e a presença de antigas personagens é excitante. Ou seja, o enredo apresenta-se mais elaborado e interessante, sem deixar de lado a ação, a fantasia e aventura que tento cativaram os fãs de Percy Jackson.

Outro ponto positivo, que vale a pena citar, é que nesse livro Rick Riordan aborda, além da mitologia grega, a mitologia romana, adicionando os apectos romanos dos deuses à história, o que foi importante para diferenciar um pouco as duas séries e para enriquecer a obra já que muito de mitologia grega foi falado em PJ&O.

No que diz respeito aos personagens, o autor falhou ao usar a mesmo modelo utilizado na primeira série. Os três personagens principais lembram muito o trio de protagonistas Percy, Anabeth e Grover. Apesar disso, algumas personagens apresentam personalidades intrínsecas, principalmente Piper, uma garota apaixonada e nenhum pouco vaidosa, e Leo, um garoto inteligente e brincalhão. Jason, entretanto, não tem uma personalidade característica, isto é, não é um personagem excepcional.

É possível observar alguns outros pontos fracos no livro. O autor ainda emprega o seu "humor infantil", que são aquelas partes que visivelmente têm a intenção de fazer o leitor rir, mas raramente conseguem arrancar alguma risada. Outro ponto é adjetivação excessiva de Riordan, principalmente em relação a roupas. Para todo personagem que surge é necessário descrever sua vestimenta dos pés à cabeça o que, além de ser desnecessário, limita a liberdade de imaginação que existe na leitura de um livro.

Capa da sequência
Basicamente, "O Herói Perdido" possui uma história fantástica, repleta de aventura, mitologia, mistério, "humor" e um final que deixa o leitor louco pra ler a sequência. Quem é fã de PJ&O terá uma agradável surpresa. 

O lançamento da segunda parte, "The Son of Neptune" acontecerá no fim do ano, nos Estados Unidos, mas a capa já foi divulgada e no site oficial da série já há informações sobre novos personagens. Como já foi informado aqui no blog, em outra postagem, o site Percy Jackson Brasil já publicou a tradução do primeiro capítulo deste livro, que você pode conferir clicando aqui.

6 comentários:

  1. Amo o Rick Riordan e tudo que ele escreve! E sobre as partes cômica dos livros, eu sempre acho engraçado. Acho que faz efeito comigo. xD
    Parabéns pelo blog, viu?
    xoxo

    http://letrassobreletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonada pela escrita do Rick desde que li PJ. Em A pirâmide vermelha ele me decepcionou um pouco, mas mesmo assim ainda o amo por causa da série 39 clues.

    AMO DEMAIS essa série!

    E agora, queero ler este livro!
    Sua resenha está muito boa e eu já estou com saudades do acampamento meio sangue!
    Bia | Blog Livros e Atitudes

    ResponderExcluir
  3. É uma série muito boa msm, recomendada. Resenha excelente.

    att
    N|Braunne

    ResponderExcluir
  4. Convido você a participar do nosso amigo secreto!
    Clique aqui! | Amigo Secreto

    Beijos!
    Bia | Blog Livros e Atitudes

    ResponderExcluir
  5. Olá! ;D

    Venha conhecer o livro mais polêmico e revelador dos últimos tempos: O POMO DE OURO.

    SINOPSE: Henrique foi instruído nos mistérios da Maçonaria desde criança e tornou-se um bom Mestre Maçom. Entretanto, por ocasião dos atentados ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, Henrique descobriu coisas tão perturbadoras que fizeram ele se afastar da Maçonaria e isolar-se do mundo, até que sua amiga Eva Cristina foi procurá-lo para ajudá-la a decifrar um código que o pai dela havia deixado numa carta antes de falecer em suas explorações arqueológicas. A partir daí, Henrique se vê obrigado a usar de seus conhecimentos secretos da Maçonaria para ajudar Eva a encontrar e devolver a quem de direito um objeto do qual depende o futuro da humanidade: o pomo de ouro.

    Com uma narrativa dinâmica e envolvente para uma trama repleta de mistério, aventura e reviravoltas, o leitor é apresentado a uma série de contradições envolvendo os atentados de 11 de setembro, se torna conhecedor das mentiras da Igreja Católica e dos mais finos mistérios da Maçonaria, além de ficar a par da interpretação contundente de um conjunto de profecias que parece estar se concretizando a todo o momento em nosso tempo.

    Realidade? Ficção? O Pomo de Ouro é a leitura mais intrigante, polêmica e misteriosa dos últimos tempos. Um livro único e imperdível!

    LEIA 07 CAPÍTULOS DO LIVRO GRATUITAMENTE NO BLOG:
    http://opomodeouro1.blogspot.com/

    Espero que goste da leitura.

    Um grande abraço pra você! ;D

    ResponderExcluir
  6. Não podemos avaliar nossas resenhas porque não somos peritos. Somos amadores. Mas é evidente que há uma diferença nas resenhas de blog para outro. E quanto a sua ficou excelente. Usou muito bem os conectivos e não procurou encher linguiça. E isso pra mim é o que interessa, porque eu também escrevo minhas resenhas assim. E é praticando que a gente chega lá.

    Muitos dizem que o livro é legal e comparam o escritor aos grandes e provavelmente o grande da atualidade. Eu, pessoalmente não sou fã, mas reconheço as qualidades da obra.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...